Monstera deliciosa

︎ Victor Jobim
︎ Casa Voa

Não precisava de um vidente para saber que estava com tesão. Era óbvio. O vidente era tão místico quanto sorte que vem no chiclete. Mas eu não ligava. Talvez ele fosse um vigarista, mas tinha razão. Estava louca por ação e ele estava ali para me satisfazer. Quando ele disse que me apaixonaria por um homem de cabelo cacheado, mostrei minha buceta de relance. Meu grelo estava grande e sedento quando separei meus lábios. O vidente caiu de boca, examinando e cheirando minha xana.


Mark
oi@marianadestro.com